História

A Falua foi fundada em 1994 com o objectivo de se afirmar como referência na produção de vinhos da região do tejo. Em 2017, o interesse do grupo roullier em portugal e, em particular, na actividade da Falua como porta de entrada para o mercado global de vinhos, motivou a aquisição da empresa pelo grupo francês, com presença noutras áreas de actividade em 131 países, contando com mais de 8 mil colaboradores em todo o mundo e um volume de negócios superior a 2 mil m€.

Com 25 anos de história no mercado nacional e internacional, a falua detém um vasto portfólio disperso pelo mundo, destacando em portugal a história de duas marcas – Conde de Vimioso e Falua, que cumprem a tradição portuguesa de vinhos únicos e distintos.

Falua

Na icónica vinha do convento da serra, plantada em 1996, desenvolvem-se videiras entre calhau rolado, num terroir emblemático que conta uma história com mais de 400 mil anos. 70 hectares de vinhas próprias e 200 hectares sob gestão dão origem a vinhos que revelam a essência do lugar, das castas, das pessoas e da paixão pela natureza que caracteriza toda a equipa da Falua.

Ali ao lado, ergue-se o centro de vinificação com condições excepcionais para a criação de vinhos que contam a história de uma região por descobrir e, na sala de barricas – ícone maior do aperfeiçoamento de experiência – uma prova permite saborear a envolvente em toda a sua essência.

A conjugação de castas autóctones com castas estrangeiras dá origem a experiências enriquecedoras, baseadas no cunho do território e da experiência, em estreita articulação com a inovação e a ambição. Não são apenas vinhos, mas pedaços de uma história que se revela em cada garrafa.

Falua é sinónimo de uma viagem através do vinho, enquanto marca embaixadora de portugal em todo o mundo, testemunhando a aposta de um grupo francês de referência, que escolheu portugal para dar início ao seu projecto de vinhos e a Falua, como exemplo maior da riqueza e expressão de um terroir.

"Pelo Tejo vai-se para o mundo"

Fernando Pessoa

Missão

Afirmar-se como referência dos vinhos portugueses em todo o mundo, destacando o cunho histórico dos diferentes terroirs e desenvolvendo projectos de enologia que celebram a qualidade e a diferenciação.

Sustentabilidade

O desafio emergente que o sector do vinho enfrenta no âmbito da sustentabilidade é motor de inovação para empresas como a falua, que dedica a

Sua atenção a uma gestão e exploração agrícolas orientadas para a utilização consciente dos recursos naturais, numa estreita relação de respeito pela natureza.

Orientada em três vertentes – ambiental, económica e social, a sustentabilidade é um compromisso da falua, com a produção de uva a sofrer uma intervenção mínima no uso de tratamentos para o controlo de pragas e doenças, mas também beneficiando da riqueza de um solo coberto a calhau rolado, com todas as propriedades e potencial exclusivos.